Buscar
  • Movimento ETUS

Evangélicos, Engajamento Cívico e Dolores Huertas

Atualizado: 23 de mar. de 2020

É dever da igreja brasileira combater a errada crença de fatalismo político e/ou social. Devemos participar da vida pública como verdadeiros cidadãos, nos esforçando para atuar ativamente em questões sociais e decisões políticas, lutando pela liberdade de credo, pela democracia e pela justiça.

"O único jeito da democracia funcionar é se as pessoas participarem" - Dolores Huertas

"E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele Dia.” Hebreus 10#24 e 25

Os evangélicos brasileiros têm um enorme potencial para fazer a diferença em toda a sociedade. Estamos presentes em todos os municípios do Brasil. Nos grandes centros urbanos - é possível que estejamos em cada bairro ou região. Geograficamente, marcamos presença. Temos a preciosa oportunidade de espalharmos o amor e as boas obras em cada canto desse país.


O senso de comunidade, tão presente nas primeiras igrejas, deve ser resgatado. É necessário estarmos atentos sobre o real significado do que é ser "ekklesia". Devemos estar em movimento, freneticamente ávidos a fazer a diferença na vida do outro. Esta diferença, meus irmãos, é o amor e às boas obras. Devemos ter a concepção clara que as paredes de nossos templos não deverão ser limitadores de nossa atuação. Ao contrário, a igreja é onde recarregamos as baterias, adquirimos virtudes necessárias para irmos a campo, evangelizar e agir para o bem estar social de nossa comunidade. Gratuitamente levamos o verdadeiro o evangelho. O convite tem que ser feito, porém, as obras que fizermos devem contemplar o bom senso e promover o direito de cada um dizer não. Irmãos, não nos esqueçamos que não há verdadeira Fé sobre cárcere. Há medo e complacência. A verdadeira fé nasce nas mais despretensiosas sementes. As obras, o amor gratuito ao próximo, inevitavelmente agirão como um poderoso germinador.


"No grego, a palavra igreja é “ekklesia”. Os discípulos entendiam exatamente o que essa palavra queria dizer no contexto daquela época. Todo rei tinha uma ekklesia, um grupo de pessoas que ele chamava para estar o seu lado e lutar. Ekklesia significa “chamados de maneira definitiva”. Os romanos, quando queriam expandir o seu reino, chamavam os seus generais e os escolhidos e formavam uma ekklesia, um grupo que ia ensinar às pessoas em outros territórios os costumes de Roma. Esses enviados eram chamados de apóstolos, aqueles que trabalhavam para expandir o reino."


A mensagem da foto acima é um importante recado para a nossa sociedade em geral. Se cada um de nós, cidadãos brasileiros, não nos engajarmos com as questões políticas de nossos país, incorremos em um mal funcionamento da democracia. A participação politica é um pilar reconhecido no Democracy Index 2019, elaborado pela revista The Economist. Segundo o ranking, este é um ponto de enorme fragilidade na democracia brasileira.

Ativista e líder trabalhista, Dolores Huertas é uma inspiração para o Movimento ETUS. Atuando desde 1955 pelos diretos humanos, Dolores tem sido implacável colocar em pauta assuntos de relevância para grupos desfavorecidos economicamente e socialmente.

O ativismo comunitário de Huerta começou quando ela era estudante na Stockton High School. Huerta atuou em vários clubes escolares e foi majorette e membro dedicado das Escoteiras até os 18 anos. Lembrou-se de uma professora acusando-a de roubar o trabalho de outro aluno e, como resultado, lhe dando uma nota injusta, uma ato que ela considera enraizado no viés racial. Tendo experimentado marginalização na infância por ser hispânica, Huerta cresceu com a crença de que a sociedade precisava ser mudada. Frequentou a faculdade na Universidade de Stockton College, no Pacífico (mais tarde, se tornou a Faculdade Comunitária San Joaquin Delta ), onde obteve uma credencial provisória de ensino. Depois de lecionar no ensino fundamental, Huerta deixou o emprego e começou sua cruzada ao longo da vida para corrigir a injustiça econômica:


Eu não podia tolerar ver as crianças chegarem às aulas com fome e precisando de sapatos. Eu pensei que poderia fazer mais organizando trabalhadores agrícolas do que tentando ensinar seus filhos famintos.

-  Dolores Huerta,

Em 2007, Dolores Huertas foi agraciada com o Prêmio Internacional de Paz da Comunidade de Cristo (Community of Christ International Peace Award).



Agir, em comunidade, para transformar a realidade é fundamental ao processo democrático e de desenvolvimento social. A igreja, como um ator social relevante territorialmente, deve agir em prol daqueles que o arrodeia. O senso comunitário, de Ekklesia, tem que estar presentes nos corações de todos aqueles que professam a fé em Jesus.

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo